26 de ago de 2012

Yoga começando de onde estamos.........

Quando fazemos uma postura ou executamos um movimento que causa tensão, é difícil notar qualquer outra coisa além da tensão. quando estamos numa posição de pernas cruzadas, talvez nosso único pensamento seja a dor no tornozelo apertados. Fazendo isso, não estamos realmente no ãsana que empenhamos em fazer - obviamente ainda não estamos prontos para esta posição. Em vez disso, deveríamos praticar  antes algo mais fácil. Essa idéia simples é a base de toda a prática de yoga. Praticando as posturas progressivamente, atingimos gradualmente mais estabilidade, atenção e conforto. Se quisermos fazer desse princípio de prática de ãsana uma realidade, devemos nos aceitar  exatamente como somos.
Se tivermos as costas rígidas, temos de admitir esse fato.
Uma pessoa pode ser muito flexível, mas sua respiração é curta.
Outra pode respirar com facilidade, mas tem problema no corpo. Também é possível sentir-se confortável numa postura, enquanto a mente está em um lugar completamente diferente. Isso também não é ãsana. Só é possível achar as qualidades essenciais para a prática de ãsana se reconhecemos nosso próprio ponto de partida e aprendemos a aceitá-lo.


O Coração do Yoga - T.K.V. Desikachar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails